• RSS
  • Delicious
  • Facebook
  • Twitter

You need to upgrade your Flash Player to version 10 or newer.

Burocracia trava comércio exterior, diz estudo:

Welgington Victoriano junho - 22 - 2018 0 Comment

Realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), estudo inédito traça um retrato dramático da burocracia que recai sobre o comércio exterior brasileiro. As exportações brasileiras ainda são sujeitas a 46 procedimentos diferentes, administrados por 12 órgãos, que afetaram 23% das vendas ao exterior realizadas no ano passado. Nas importações, são 72 obrigações controladas por 16 órgãos do governo, com impacto sobre 59% das compras. Os problemas são tão variados que o estudo não conseguiu chegar a seu objetivo original: estimar o peso dessas obrigações sobre a economia brasileira. Em nove casos, os autores não conseguiram apurar valores de algumas taxas nem recorrendo à Lei de Acesso à Informação. A deficiência  [ Read More ]

Embora não se saiba se a longo prazo o Porto de Santos terá capacidade para receber supercargueiros, a curto e médio prazo, não há dúvida que continuará a ser o principal complexo portuário do País É de se ressaltar que estão em execução as obras de reforço do Cais de Outeirinhos, com conclusão prevista para julho de 2015. Em junho de 2014, foram entregues os primeiros 512 metros, mas ainda faltam 800 metros. Essa obra permitirá a atracação de até seis navios de cruzeiro no local. As demais obras de reforço irão beneficiar diretamente as operações de carga e descarga, incluindo o trecho que vai do Armazém 12A ao Armazém  [ Read More ]

  A receita proveniente das exportações de café realizadas no Porto de Santos, no mês passado, cresceu 62,5% em relação à registrada em janeiro do ano anterior. No primeiro mês de 2015, o cais santista exportou 2,4 milhões de sacas de 60 quilos (144 mil toneladas) da commodity, que somaram US$ 497,9 milhões. No mesmo período de 2014, o volume foi de 2,1 milhões de sacas e o montante arrecadado foi de US$ 306,3 milhões. Em relação aos embarques nacionais, o incremento na receita foi de 53,3%. A soma das exportações brasileiras atingiu a marca de US$ 590,6 milhões. O valor é o maior dos últimos quatro anos para janeiro.  [ Read More ]

Durante workshop promovido pelo Fórum Econômico Mundial hoje, na Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), o secretário de Comércio Exterior, Daniel Godinho, falou sobre a importância do reconhecimento dado pela entidade ao projeto do Portal Único de Comércio Exterior, coordenado pela Secex e pela Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB). “A escolha do caso brasileiro para compor a iniciativa do Fórum Econômico Mundial honra o projeto do governo brasileiro e pode contribuir muito para a disseminação dos conhecimentos necessários a reengenharia e automação dos processos brasileiros de importação e exportação”, disse o secretário a chefe do fórum para a América Latina,  [ Read More ]

A partir de agora, as empresas que utilizam a modalidade suspensão do drawback poderão substituir os insumos adquiridos por mercadorias equivalentes compradas sem o benefício para comprovação das exportações vinculadas ao regime. A permissão elimina a obrigação de controles segregados de estoques físicos por parte das empresas beneficiárias e reduz custos de acesso à desoneração. “Esta medida visa facilitar o uso do drawback sem alterar o controle e a fiscalização do regime. Trata-se do primeiro passo do processo de reforma do drawback, após consulta e intenso diálogo com os usuários e em atendimento ao pleito feito por eles”, explicou o secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e  [ Read More ]

Nos cinco dias úteis de setembro (1° a ), as exportações brasileiras somaram US$ 4,336 bilhões, com média diária de US$ 867,2 bilhão. Este resultado é 12,7% menor que o verificado em setembro de 2013 (US$ 992,9 milhões). Neste comparativo, diminuíram as vendas de produtos básicos (-15,5%), especialmente de milho em grão, minério de ferro, soja em grão, farelo de soja e carne bovina. Também caíram as exportações de manufaturados (-11,6%), principalmente de veículos de carga, automóveis de passageiros, aviões, óleos combustíveis, açúcar refinado e autopeças. Houve ainda queda nas vendas de semimanufaturados (-5%), com redução em açúcar em bruto, catodos de cobre e óleo de soja em bruto. Em  [ Read More ]

A Receita Federal lança hoje mais uma ação no âmbito da Operação Fronteira Blindada. Desta vez será intensificado o combate às fraudes nas importações de pneus. Este setor econômico vem sendo acompanhado pela Receita Federal há algum tempo, o que já resultou no aumento no preço médio de pneus importados da China, Taiwan e Tailândia, representando uma diminuição da concorrência predatória, conforme resta demonstrado no gráfico abaixo: Ademais desses avanços significativos, o Centro Nacional de Gestão de Riscos Aduaneiros identificou outras práticas irregulares nas importações desses produtos, o que motivou a implementação de nova estratégia. Com estas ações, a Receita Federal pretende intensificar o rigor nas operações de comércio exterior  [ Read More ]

Novo Site da Brasvix

fevereiro - 11 - 2012 0 Comment

Janeiro de 2012 a Brasvix Lançou seu novo site no mercado, muito mais dinâmico e com um design moderno, o novo site, servirá como uma ferramenta para atualizar os clientes quanto a normas e regimentos dos orgãos anuentes no COMEX.

Medida pegou de surpresa e chegou a ser falada até no fim do Fundap, mas no Espírito Santo o impacto foi apenas para o setor de avicultura e suinocultura O Supremo Tribunal Federal (STF) julgou inconstitucional leis de sete estados brasileiros, incluindo o Espírito Santo, que autorizavam o uso de incentivos tributários como política de atração de investimentos. A medida, que chegou a criar polêmica em torno do fim do Fundo de Desenvolvimento das Atividades Portuárias (Fundap), atingiu apenas o segmento de aves e suínos. A convalidação dessas leis é prevista pelo STF, que em seu julgamento considerou que os benefícios somente poderiam ter sido concedidos mediante convênio entre os  [ Read More ]

A Receita Federal deve ampliar a lista de itens considerados de uso pessoal em viagensinternacionais. Estes itens não precisam ser declarados na alfândega na chegada ao país quando comprado no exterior. As mudanças nas regras deverão ser publicadas nesta segunda-feira (02) e entrar em vigor de imediato. Veja o site do Jornal Nacional Deverão constar na lista de produtos isentos telefone celular com bateria e acessório, relógio de pulso e máquina fotográfica. Todos eles terão o limite de um para cada pessoa. A lista vai contemplar ainda roupas, acessórios, joias, produtos de higiene e beleza. No caso de produtos como bebidas e cigarros, haverá um limite fixo de isenção. Serão permitidos  [ Read More ]